Arquivo mensal: Julho 2017

Escapada a Coimbra

Escapada a Coimbra: uma linda cidade

Decidi a final fazer uma escapada a Coimbra, e se eu soubesse o que realmente ia encontrar, certamente teria gasto muito mais tempo em Coimbra.

Escapada a Coimbra

A pérola do Norte de Portugal

Ao chegar a cidade recomendaram-me que jantássemos em algum restaurante na Rua da Sota e as ruas que dão a este, onde há muitos restaurantes de todos os tipos e preços.

A verdade é que fiquei muito satisfeita com a janta. A comida era realmente boa e havia para todos os gostos. Depois de terminar de jantar fomos dar uma volta pelo centro para ver o que veríamos no dia seguinte. Catedrais, becos, escadas, muitas pistas, e tudo isso com fadiga acumulada da viagem de muitas horas. Esperávamos um dia difícil.

E o dia seguinte veio em um piscar de olhos. Depois de um pequeno-almoço começamos a caminhar nas ruas estreitas do centro de Coimbra .

Passeando chegamos à Praça do Comércio, onde há vários terraços, e depois continuamos até a Rua Visconde da Luz, uma rua de pedestres onde é a principal zona comercial Coimbra e termina na Praça em 8 de Maio em que são a Igreja de Santa Cruz e Santa Cruz de café curioso.

As duas catedrais de Coimbra

A Sé velha foi construída no século XII, em estilo românico, com um pouco de ar islâmico. A entrada é de 2€, mas se pretende ir na Páscoa, possivelmente não poderá entrar.

Sé velha

Mais para cima esta a Sé Nova de estilo maneirista, que foi construído no século XVI e cujo interior não pode aceder a menos que pague 1€ para a senhora na entrada, o que fizemos porque o interior estava tão escuro que dificilmente ela vê nada e a mulher nos disse que isso era tudo o que estávamos indo para ver.

Sé Nova

Universidade de Coimbra

Coimbra é uma cidade universitária. O conjunto de edifícios históricos da universidade, uma das mais antigas da Europa e um dos lugares mais impressionantes que visitamos, estão localizados na parte mais alta da cidade. A partir de praticamente qualquer ponto você pode ver os grandes edifícios que o compõem e visitantes passear pelas varandas, de onde sentimos faria vistas deslumbrantes.

Irremediavelmente rota através da antiga cidade de Coimbra nos levou a este ponto de vista , não sabendo mais o que iria encontrar naquela universidade.

A entrada para ver todos os edifícios universitários custa 9€ e se compra em uma biblioteca localizada em um prédio fora do local histórico. Com ela te dão um horário para entrar na biblioteca, isso é bom porque não perde tempo na fila e pode ver os outros edifícios.

Considerar pagar essa quantia para ver uma biblioteca, uma capela e um palácio universitário parece caro, mas a Biblioteca Joanina é uma maravilha que você não pode perder .

A Biblioteca Joanina é espectacular. Desde que você entra até forçado a sair, porque transforma você visita não é mais, inevitavelmente você se apaixonado olhando paredes e tectos . Construído em 1717, nas prateleiras há mais de 250.000 livros, mas o melhor é no telhado, não tenho palavras para descrever isso . Os dois andares inferior da caixa de biblioteca mais livros e um ex-cadeia da universidade.

universidade de coimbra

Depois de ver estes quartos tinha uma varanda estreita a partir do qual você pode ver a cidade inteira, como intuiu tempo antes de passear pelas ruas íngremes de Coimbra. Sim, a vista a partir da varanda da universidade são espectaculares , mas a biblioteca que excede pensam.

O Pátio das Escolas é uma grande praça em torno da qual se concentram edifícios históricos da Universidade e em que não é uma estátua de D. João III. Para subir a Torre do Relógio é necessário para pagar 1€ extra, e não acho que os pontos de vista do anterior melhorar varandas.

Concluindo a escapada a Coimbra

Após a visita à Universidade, que estão à procura de um lugar para comer. Nós entramos em um pequeno bar e algo escondido, daqueles que você entrar se você não está fazer turismo normal, mas onde comer bem para real, autêntica comida Portuguesa, sem preços para os turistas .

Cansado e pensando mais no caminho de volta em para ver mais coisas, e sob um sol que aquecia mais do que queria para , vamos até à Ponte de Santa Clara , para ver a cidade a partir do outro lado.

E para terminar o dia, fomos a um par de confeitarias em Largo do Portagem, a praça onde o monumento a Joaquim António de Aguiar é comprar alguns bolos Natas e Tentúgal . Uma vergonha não para ter tido tempo para aprender mais desta fantástica cidade, mas teve de regressar a Madrid, para nosso pesar.

Se gostou desse post sobre nossa escapada a Coimbra confira também o da escapada a Amarante.